Curso De Informática Para Idosos

O curso de informática tem como objetivo tornar as pessoas aptas para lidar com o universo digital. Ao longo das aulas, os professores procuram transmitir os conhecimentos básicos da área para que os alunos possam desenvolver atividades e interagir com as novas tecnologias. As escolas de informática já encaram o desafio de orientar um alunado com idade mais avançada, no caso, acima dos 60 anos.

Os idosos que resolvem fazer um curso de informática passam a ter uma nova visão do mundo e conquistam as habilidades necessárias para usar todos os recursos de um computador. A formação tem uma didática apropriada para a faixa etária e leva em consideração todas as dificuldades que os alunos podem encontrar no decorrer da aprendizagem.

Em um curso de informática para iniciantes, os idosos aprendem noções básicas sobre a área entrando em contato com os computadores. A princípio recebem orientações sobre como usar os recursos do sistema operacional e usar softwares padrões do Windows, como Paint, Word e Excel. As aulas são teóricas e práticas para que os alunos adquiram afinidade com o conteúdo.

Depois de aprender a lidar com o sistema operacional, o aluno começa a navegar pela internet e descobre tudo o que a rede mundial de computadores tem a oferecer. Além de acessar sites para obter informações sobre diferentes assuntos, os idosos aprendem como enviar emails, criar contas em redes sociais e usar comunicadores instantâneos.

O curso de informática para a terceira idade reconhece a situação de aprendizagem tardia, por isso aposta em métodos pedagógicos poderosos para ensinar aos idosos. Algumas escolas particulares de informática montam turmas dentro dessa faixa etária e conquistam vários alunos, mas também há instituições públicas que promovem o curso gratuitamente.

A UNISAL (Centro Universitário Salesiano de São Paulo) oferece o curso “Idade Ativa” para terceira idade que inclui aulas de informática para idosos. Podem participar do programa pessoas com mais de 55 anos e que possuem disposição para aprender, interagir e explorar novos conhecimentos. O curso também inclui aulas de literatura, práticas corporais, oficina de memória, língua portuguesa, turismo, entre outras disciplinas.

Os projetos das instituições voltados para o ensino de informática para idosos já demonstram resultados positivos e revelam o poder da inclusão digital. Além da UNISAL, outros programas estão com inscrições abertas, como é o caso do ‘Informática para Todos’ da UGB, com cursos de nível básico e avançado. As pessoas podem se inscrever no projeto de 15 a 17 de fevereiro de 2011, na Secretaria do NEC (Núcleo de Extensão e Cultura) em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *