Cursos Técnicos Fisk 2011

Quem diria, que a escola de idiomas Fisk iria além de oferecer suas maravilhosas capacitações de idiomas ofertar também cursos técnicos. Pois é se depender da atual administração da empresa, os tempos em que a Fisk era só uma escola de idiomas ficarão para trás, pois após manter-se estritamente em seu segmento original por mais de 50 anos, a companhia decidiu seguir concorrentes como a Wizard e ampliar o leque de cursos.

E isso vai ser uma ótima idéia para quem esta em busca de um ensino completo de qualidade. Ao contrário do que realizou Carlos Wizard Martins, do Grupo Multi, que criou marcas diferentes para cada tipo de conteúdo, a escola Fisk, já tomou sua decisão em apostar na expansão nas escolas que já possui. E sendo assim até o fim do ano, além de inglês e espanhol, as mil unidades também oferecerão cursos de português e de informática.

As capacitações em português vão ser destinadas a estrangeiros e também para os brasileiros que estão necessitando dominar melhor o idioma para prestar concursos. Fala se este não será um ótimo curso? A Fisk a partir do momento que tomou esta decisão quer ser vista como um centro de ensino completo. E para atrair mais alunos, fechou parcerias com o site de descontos Groupon, que vendeu mil cursos de informática a preços subsidiados.

Ou seja, com esta nova estratégia e parceria a Fisk irá adquirir mais vagas e uma enorme e mais agressiva venda, a Fisk já prevê um salto considerável em faturamento: quer passar de R$ 700 milhões em 2010 para R$ 900 milhões este ano uau! Mais é importante ressaltar que anda com todos estes planejamentos da empresa, o número é modesto se comparado ao do grupo Multi, que surgiu a partir da escola de idiomas Wizard e iniciou a diversificação há cerca de uma década.

Na atualidade o grupo tem um forte portfólio de dez marcas – incluindo a Microlins, de cursos profissionalizantes, e a Yázigi, escola de idiomas voltada para as classes A e B – e fatura mais de R$ 2 bilhões ao ano. Esta grande semelhança entre as estratégias a algum tempo gerou boatos de que a Fisk seria comprada pelo grupo Multi – informação que Caravati nega veementemente. E o mesmo diz o seguinte sobre o assunto:

“Não existe chance disso acontecer. Nós somos uma fundação e já temos os dois próximos sucessores definidos”, afirma o executivo, na empresa há mais de 45 anos.

Já o empresário Carlos Wizard Martins, confirmou interesse em eventual negociação com a Fisk. Galera a idéia é esperar que logo logo poderemos fazer os cursos técnicos da Fisk 2011 com melhores formas de pagamento e com aquela qualidade que só esta grande escola tem.

Add a Comment