Primeiro Emprego no Senac

O Primeiro Emprego no Senac tem contribuído com milhares de jovens que buscam a primeira oportunidade no mercado de trabalho. A instituição qualifica profissionais para empresas comerciais de diversas áreas, como comércio, beleza, comunicação, saúde, gestão, hotelaria, entre outras.

Primeiro Emprego no Senac. (Foto: Divulgação)

O Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) favorece a conquista do primeiro emprego através do seu programa de aprendizagem. A iniciativa capacita aprendizes para atuar nas empresas parceiras e assim adquirir experiência no mundo do trabalho.

Primeiro Emprego no Senac

As empresas que participam do programa de aprendizagem encaminham os seus aprendizes para estudar no Senac. O curso escolhido normalmente tem a ver com a área em que o jovem profissional atua.

O Senac contribui com esse processo de transformação do jovem e trabalha com métodos avançados de educação profissional. As aulas são dinâmicas e valorizam diferentes estratégias, como estudos de casos, visitas monitoradas, atividades culturais e ações empreendedoras.

O Senac forma aprendizes para o mercado de trabalho. (Foto: Divulgação)

O primeiro emprego no Senac é levado muito a sério, prova disso é o fato de que a instituição promove situações reais de trabalho através dos seus cursos gratuitos. Ao final da aprendizagem, o aprendiz aprovado recebe um certificado de conclusão.

Leia mais: Dicas para inscrição Jovem Aprendiz 2015

Cursos do Senac para aprendizes

O Senac forma profissionais para o primeiro emprego através da modalidade de Aprendizagem Profissional Comercial. Em São Paulo, os cursos disponíveis são: Operação e Programação de Computadores, Serviços de Lanchonete, Serviços Hoteleiros, Serviços de Supermercados, Serviços de Vendas, Serviços Administrativos, Recepção em Serviços de Saúde, Serviços Administrativos em Instituições de Saúde, Serviços de Farmácias e Drogarias, Serviços de Restaurante e Bar e Serviços de Cozinha.

Há um curso de aprendizagem para Serviços Administrativos. (Foto: Divulgação)

Lei da aprendizagem

A lei da aprendizagem determina que todas as empresas de médio e grande porte devem contratar pelo menos 5% de aprendizes, considerando o número total de colaboradores. Essa porcentagem, por sua vez, não pode ultrapassar 15%. As micro e pequenas empresas podem se sentir à vontade para trabalhar com programas de aprendizagem, mas não são obrigadas.

A função de aprendiz pode ser desempenhada por jovens de 14 a 24 anos, que estejam cursando o ensino fundamental ou médio. Aqueles que já concluíram a escolaridade básica devem estar matriculados em um curso profissionalizante para participar do programa de aprendizagem, como é o caso dos cursos promovidos pelo Senac.

As empresas encaminham os aprendizes para estudar no Senac. (Foto: Divulgação)

O jovem aprendiz trabalha de seis a oito horas por dia. O seu contrato tem duração máxima de dois anos e garante todos os benefícios de um trabalhador convencional. As empresas contratantes são obrigadas a pagar salário, direitos trabalhistas e direitos previdenciários.

Você quer saber mais sobre o Primeiro Emprego no Senac? Então assista ao vídeo a seguir:

Add a Comment